Sanitização

A sanitização atua na contenção do COVID-19, através do processo de nebulização, onde termonebulizadores elétricos criam uma camada protetora. A ação visa impedir a proliferação do Corona Vírus e outros tipos de vírus e bactérias.

Consequentemente, define-se sanitização como um ato de reduzir micro-organismos críticos para a saúde pública, em níveis considerados seguros (sem prejuízo a segurança do ambiente). Portanto, define-se como conjunto de medidas adotadas dentro das condições higiênicas indispensáveis, com base na remoção das contaminações da superfície.

Recomenda-se que a sanitização seja feita semanalmente em áreas que se caracterizem por serem locais de maior circulação. Além disso, a ação de sanitização precisa ser complementada com processos de limpeza. Recomenda-se que tal medida seja aplicada a áreas de manuseio constante, tais como maçanetas, puxadores de armários, eletrodomésticos, etc. Isto porque a eficácia da ação de sanitização não é capaz de garantir que o transito de pessoas contaminadas não venha a ocasionar nova contaminação do ambiente tratado.

PRODUTO

Em primeiro lugar existe uma grande variedade de sanitizantes, porém um dos melhores é a Amônia Quaternária.

Atualmente a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), regulamenta produtos do tipo sanitizante para várias superfícies, com ação antimicrobiana.

Por fim quartanário de Amônia é da família de compostos antimicrobianos (agentes ativos catiônicos fortes) que tem um poderoso desinfetante, agindo, consequentemente, contra bactérias, fungos e vírus.

Processo de Sanitização devem ser feitas em locais como:

Prefeituras, Cinemas, Teatros, Salão de Festas, Escolas, Residências, Hospitais, Condomínios, Veículos de Transportes (Materiais e pessoas) e até mesmo Centro de Distribuições e Industrias.

Tratamento em Ambientes:

A Sanitização deve ser feita em locais fechados de acesso coletivo, públicos e privados, climatizados ou não, sempre com a finalidade de se evitar a transmissão de doenças infecto-contagiosas. Mais importante, não é recomendável a varredura do piso para que a poeira não seja espalhada. Além disso, trata-se de uma orientação que afeta tanto locais abertos quanto fechados. Isto porque, para ambas as situações, a recomendação é sempre lavar a área ou fazer uso de pano umedecido.

Metodologia de Aplicação

Sanitização de Ambiente: Processo de higienização de agentes causadores de infecções e alergias que podem causar bronquites, rinites, além de outros desconfortos provenientes de Patógenos.

Metodologia aplicável: Ocorre através de nebulização com termonebulizador elétrico, em superfícies como: paredes, móveis, corredores, estofados (exceto os couros ou napa), cortinas e ou área externa além de portas, portais e maçanetas.

Aplicação Espacial: Consiste na aplicação aérea através de névoa fina sendo realizada na área interna e externa do ambiente tratado.

Existem vários procedimentos, entretanto, fazemos uso de 02 tipos de aplicação:

1) Termonebulização: Consiste na aplicação com equipamento portátil, produzindo uma maior quantidade de névoa, normalmente usada em interiores de instalações.

2) Nebulização em BV (Baixo Volume): Consiste na aplicação com equipamento Costal Motorizado sendo mais recomendado para locais tais como área externa, garagens, etc.

Equipamento de Proteção Individual (EPI)

No mais, para realização da Sanitização se faz necessário o uso dos seguintes Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s):

– Macacão, caso este não possua proteção para a cabeça, se faz necessário o uso de Touca/boné;

– Máscara 3M;

– Máscara Facial;

– Luvas;

– Óculos de proteção;

– Bota;

Consequentemente, os EPIS´s utilizados possuem a função de proteger a incolumidade física de nossos funcionários durante o processo de sanitização.

Instruções para realização da Sanitização em Residência:

Portanto, para ser conduzido o processo de Sanitização nas residências, há necessidade de cumprimento em relação as seguintes orientações:

– Remover lençóis e fronhas (essas devem ser lavadas);

– As gavetas e as portas dos armários devem ser abertas na maior amplitude possível;

– Os alimentos e medicamentos devem ser protegidos da melhor maneira possível.

– Eletrônicos e Eletroportáteis deverão ser cobertos, pois o tratamento reage de maneira mais consiste em nebulização a frio com deslocamento de ar e líquido;

– Aquários devem ser cobertos para proteger a entrada de partículas do produto e a sua bomba de oxigênio deve continuar desligada por pelo menos 6 horas após o serviço;

– Manchas, mofo ou infiltrações em paredes ou armários, não serão removíveis após a aplicação do produto. Logo, recomenda-se sanar infiltrações, antes do serviço para garantir a eficácia do tratamento;

– Necessidade de apenas 1 acompanhante enquanto ocorrer a realização do serviço devendo o mesmo fazer uso de máscara descartável.

– Animais domésticos e Pessoas alérgicas devem ser afastados do local por um período de 4 horas. Pessoas não alérgicas devem ficar afastados do local por menos tempo (apenas 2 horas).

Conclusão

Certamente essa é a melhor maneira para garantir a segurança da sua família. Por isso contrate a Kioto Dedetizadora e tenha o melhor serviço de sanitização do mercado, com os melhores produtos e profissionais no segmento.

Agente sua visita e venha para a Kioto Dedetizadora

Peça seu orçamento aqui